Change your language:

Blog

Budget Zero é a nova tendência na organização de eventos; entenda

por Mercado e Eventos
02Jun

O primeiro painel “A visão do cliente – Importância dos eventos para meus negócios” do segundo dia da EBS debateu as novas tendências em organização e planejamento de eventos e quais processos mudaram ao longo dos anos com o aumento da tecnologia no cotidiano. Entre os argumentos apresentados, Carmela Borst, diretora de Marketing da Oracle para América Latina, comentou um pouco sobre a crescente propensão a eventos zero budget.

Ou seja, eventos que só acontecem caso o projeto realmente tenha um “porque”, um propósito. “O organizador de eventos precisam montar projetos e apresentar aos clientes de forma que os convençam de que aquele projeto vale a pena e deve acontecer. E a partir daí entra o investimento”, explica. Entretanto, neste novo modelo, Carmela explica que é necessário um engajamento de ambas as parte cliente e organizador de evento.

“Se não for um projeto em conjunto ele não vai acontecer. Para isso é importante que as empresa tenham um relacionamento de longo prazo, a fim de entender as demandas e o perfil do cliente e que tenha liberdade para apresentar novos planejamentos”, complementar Carmela.

Em relação às mudanças, o painel expôs a presença da tecnologia como um fator de evolução da organização de eventos. “Hoje o congresso não termina no último dia de evento. Ele continua na área digital. Se alguém não pode participar do evento, esta pessoa pode conferir o conteúdo via internet. Ou se a pessoa participou, ela consegue uma experiência mais completa, acessando conteúdos a que não teve acesso durante o evento”, comenta Adimilson Cerqueira, da SBOT.

Para Alexandre Mutran, da comunicações Globo, atualmente as pessoas têm se engajado cada vez mais em diversas atividades, gerando uma competição pelo tempo e atenção dos participantes. “Um evento tem que valer a pena o tempo que o visitante investiu. Ele tem que sair achando que foi recompensado”, enfatiza o Mutran, que é complementado por Carmela: “A experiência do participante é tudo”.

Fonte: Mercado e Eventos